segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Me liberto ....

 Quando alguém sai da minha vida demoro a jogar fora objetos, cartas, roupas e outros vestígios que tenha deixado. Não toco em nada, mas também não me desfaço. Então, normalmente, num dia não mais que comum eu levanto, procuro a dor, não a acho como antes e sei que é a hora: limpo gavetas, guarda-roupas, bolsos e carteiras. Um dia eu liberto e deixo ir, completamente..
Camila Costa


Imagem e mensagem retirada do Google


Nenhum comentário:

Postar um comentário