sexta-feira, 5 de abril de 2019

76ª EDIÇÃO DO POETIZANDO E ENCANTANDO ...Minha confissão de amor.



Esta BC, idealizada pela Profª Lourdes Duarte, em seu blog FILOSOFANDO NA VIDA
http://filosofandonavidaproflourdes.blogspot.com/
Tem como objetivo:

“Motivar o gosto pela poesia, a interação entre amigos, visitando , comentando e seguindo  os blogues  participantes.



Imagem escolhida para meu poetizando

Minha confissão de amor.
DileneGomes.

Confesso...meu amor! 
Adoro quando descansa seus olhos nos meus...
Eu amo quando seus lábios tocam os meus...
Adoro o calor dos teus beijos... 
Teu odor, 
Tua essência de amor...
Eu amo tuas mãos tocando as minhas,
 em um enroscar de dedos entrelaçados apaixonados ... 
E em silêncio escuto seu coração que diz tudo...
Eu amo a sua pele refrescada pelo banho...
Confesso que estou apaixonada perdidamente por você...
 Meu amor! 
Adoro tudo em você!
Só pensar em você,
 sinto um arrepiar na minha alma
 e meu corpo grita que te ama loucamente.
Os meus sonhos são teus...
A minha esperança de amor está em ti...
Eu te amo,
 com todo meu coração,
 alma e pensamentos...
Eu te amor,
 com amor infinito que só contigo quero estar...
A ti, dedico tudo o que sou,
 tudo o que tenho,
 tudo o que sinto...
 O meu grande amor.
Eu te amo...


Eu amo tuas mãos tocando as minhas,
 em um enroscar de dedos entrelaçados apaixonados ... 







12 comentários:

  1. Amor maravilhosamente confessado e expresso em poesia! Bela participação! beijos, lindo fds! chica

    ResponderExcluir
  2. Uma belíssima declaração de amor.
    Participantes lindamente, querida Dilene.
    Um carinhosó abraço de
    Verena

    ResponderExcluir
  3. Que delícia de poema! Amei o seu poetizando!

    Sinto a vida escapar-me pela senda da solidão... [POETIZANDO]
    Beijo e um excelente fim de semana.

    ResponderExcluir
  4. Uma participação com um excelente poema.
    Parabéns pelo talento poético que as suas palavras revelam.
    Dilena, tenha um bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  5. Olá querida Dilene!
    Lindíssimo, simplesmente gostei! Excelente inspiração e participação... poetou e encantou lindamente.
    Beijinho de paz e luz.
    Luisa

    ResponderExcluir
  6. Querida mana! Como é lindo esse forte sentimento, o amor! Como é linda essa sua romântica poesia, você tem a alma e o coração repletos de poesia. Uma bela e forte confissão de amor. Amor para durar uma eternidade. Parabéns pela belíssima participação. Obrigada! beijo no coração.

    ResponderExcluir
  7. Mana Dilene, cada vez mais romântica, hoje uma superação poética fabuloso! uma bela confissão de amor. Uma poesia romântica que gosto muito. Parabéns! que deus continue lhe iluminando. Bjuss

    ResponderExcluir
  8. Mais uma poética declaração de amor.

    Um abraço. Tudo de bom.
    💙 A porta, o tempo.

    ResponderExcluir
  9. Boa noite!
    Ao longo desse período em que mantivemos ativo o blog da Biblioteca da escola em que trabalho, aprendi muito e uma das coisas importante foi esse laço de amizade que se formou ENTRE NÓS, MESMO VIRTUAL, MAS IMPORTANTÍSSIMA, impulsionando a continuarmos com o projeto. A minha amiga proFª Lourdes foi transferida para sua escola de origem e diante da falta dela, trabalhando comigo em todas as atividade desenvolvida, ficou difícil manter o blog, por isso decidi parar por um tempo.
    Vim agradecer o carinho e atenção que sempre teve conosco, nos visitando e deixando comentários maravilhosos! Obrigada por tudo e que DEUS NOS ABENÇOE SEMPRE.

    ResponderExcluir
  10. Olá Dilene!
    E que confissão mais amorosa!
    Amei.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  11. Boa noite de paz de Domingo, querida amiga Dilene!
    Seu poemas são de uma doçura inigualável!
    Amo o Amor cantado da forma que o faz, terno, intenso e com toda cortesia do Amor Chique e bonito dos velhos tempos onde se dizer Eu te Amo' tinha sentido mais profundo para quem amava e era amado.
    Hoje quase não se valoriza, ou melhor dizendo, não se diz mais pois o Amor ficou minúsculo demais.. desvalorizado e resumido praticamente ao sexo... e explícito muitas vezes, chegando quase ao pornô, não mais...
    Você não, canta a poesia amorosa inebriante e dos velhos moldes onde o Amor é ainda tudo em nossa vida dando frescor, alegria e vibração aos nossos dias mais atordoantes até.
    Que lindeza ser assim e poetar como você, amiga, sem medo de ser feliz! Eu compactuo...
    Tenha novos dias felizes e abençoados!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir
  12. Dilene!
    Linda confisão e declaração de amor em versos.
    Parabéns!
    Luz e paz!
    cheirinhos
    Rudy
    https://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/2019/04/divulgacao-cultural-28-76-poetizando-e.html

    ResponderExcluir